terça-feira, 10 de agosto de 2010

Um Dominador Libertino





Sou um Dominador dissoluto, não abro mão de minha liberdade absoluta, um livre-pensador.
Porém cuido das minhas coisas, sou possessivo, exigente e autoritário.




Normalmente uso o nick SENHOR ORION e este vem da mitologia grega.
Raramente uso o nick SHOGUM






Órion era UM GIGANTE CAÇADOR, filho de Netuno e favorito de Diana, com quem quase se casou. O irmão de Diana, Apolo, por sua vez, se aborrecia com tal aproximação entre os dois, chegando a censurar diversas vezes sem nunca obter resultado. Certo dia Apolo teve a oportunidade de se ver
livre de seus aborrecimentos: percebendo que Órion vadeava pelo mar apenas com a cabeça fora
d’água desafiou sua irmã, outra exímia caçadora, a acertar o alvo que distante se movia.
Impecável em sua pontaria ela atingiu em cheio seu amado, cujo corpo já moribundo foi
conduzido à praia pelas ondas do mar.
Percebendo a fatalidade que havia cometido, Diana, em meio às lágrimas,
colocou ÓRION ENTRE AS ESTRELAS:












ORION É O GIGANTE TRAJADO
COM UM CINTO,
UMA PELE DE LEÃO,
ARMADO DE UMA ESPADA
E DE SUA CLAVA,
ACOMPANHADO POR SÍRIUS,
SEU CÃO E COM AS PLÊIADES
FUGINDO DO CAÇADOR.












O termo SHŌGUN




extra=lit. "Comandante do exército", em português xogum, foi um título e distinção militar usado
antigamente no Japão. Era concedido diretamente pelo Imperador.






O samurai tinha o direito de executar sumariamente, no próprio local, qualquer pessoa comum, hierarquicamente inferior – fazendeiros, artesãos e comerciantes – que procedesse inconvenientemente
para com os samurais ou que não se mostrasse respeitosa com seus superiores.






PARA O SAMURAI, VIVER É ESTAR PREPARADO PARA A MORTE, é saber morrer,
 mas a virtude suprema para ele era a lealdade. A lealdade é levada a um nível supremo pelos samurais.



Submetido ao modelo que constituía a mais alta exigência de formação pessoal que um homem
se poderia propor, o samurai dispensava com sua espada longa a justiça sumária a terceiros,
 infratores da boa conduta, e com a espada curta aplicava-a a si próprio, como agravo a
superiores ou decapitando os que vencera ou justiçara, a relação entre o homem japonês e a espada:
“Assim como aquele que utiliza a espada é responsável por seu brilho refulgente,
assim cada homem deverá aceitar a responsabilidade pelas consequências de seus atos...


Neste sentido HOMEM E A ESPADA se torna não um símbolo de agressão,
MAS UM ESPELHO DO HOMEM IDEAL E RESPONSÁVEL.



O HETERÔNIMO SENHOR ORION foi escolhido, pois sou um predador nato, faz parte da minha natureza, caçar SEMPRE e conquistar o que quero, daí a idéia do gigante caçador.



O HETERÔNIMO SHOGUN foi escolhido porque primo pela honra, lealdade, fidelidade, disciplina e justiça a qualquer custo. Não temo a nada nem mesmo a morte e a solidão, para estar acompanhado tem que valer apena, daí a idéia o guerreiro invencível.




A coincidência entre os HETERÔNIMOS é que são SERES GUERREIROS exímios no uso de laminas, que é "minha paixão"!



Escolhi estes HETERÔNIMOS, devido o comentado acima e dentre eles proteger minha personalidade e minha vida privada contra o preconceito e a necessidade de dar explicações sobre BDSM para baunilhas que nem em mil anos entenderiam.





Sou um Dominador Psicológico por excelência e por natureza. Embora práticas como Spanking, Dogplay, Humiliation, Bondagen, Fisting, e Privações de Sentidos também me agradem, a dominação da mente e a reconstrução da personalidade é o que mais existe dentro da minha relação D/s com as minhas submissas. Não tolero mentiras, dissimulações, disputas e as minhas submissas servem apenas para minha satisfação pessoal.

Para mais fácil entendimento foi dar um exemplo:


EU MANDO, você obedece. Simples não???


Sou o DONO, mando, bato, humilho e torturo...e gosto disto tudo!


Você é a escrava, obedece, apanha, se humilha, é torturada e EU gosto também!


Pronto, eis o esqueminha sadomasoquista.


O DOMINADOR deseja a escrava, a escrava deseja o desejo do DONO. Eis o que realmente ocorre nesta relação. Você será minha, será a satisfação de todos os meus quereres, quando te bato, o faço para te mostrar que o teu corpo me pertence, que teus gritos partem do meu tesão, quando te amarro, o faço para que saibas que teus movimentos são meus.


Quando se ajoelha perante minhas vontades, é porque desejo que você me deseje, quero que me queiras, quando me obedece quero que me queiras.


Você deseja alguém? Quer pertencer a alguém ? Então você é uma submissa. Se gosta de spanking, pissing, fisting, etc, é um detalhe que EU posso resolver.
Porém que seja submissa, obediente e que já entenda da sua inferioridade perante
MINHA SUPERIORIDADE.

Você quer ser desejada? Então submeta-se!


Fique à espreita, procure adivinhar o que EU quero, e faça!
Saiba desejar o MEU desejo para ser desejada por MIM.


O resto são bobagens infantis, coisas para a sala de Chat da Internet.
Na vida real, existe o amor.




“Queremos o amor, perseguimos o amor.
Alguns querem o amor entre iguais, outros preferem
O AMOR ENTRE DIFERENTES:
ESTES SÃO OS SADOMASOQUISTAS”.






SEJA BEM VINDO AO MEU MUNDO!



                
SENHOR ORION

9 comentários:

sua disse...

Lindo espaço SENHOR , imagens lindas e um conteúdo que transmite Sua essência.Beijos
wicca

Sonhos de Rebbecca disse...

saudações, amei o blog do SR esta lindo felicidades

Dália Negra disse...

Saudações Senhor....Um espaço de extremo bom gosto e maravilhoso discernimento,assim as pessoas podem conhecer um pouco mais sua forma de ver o meio purpura que é o verdadeiro BDSM e como diria o Eterno Havelock Ellis....
“O masoquista deseja experimentar a dor, mas ele geralmente deseja que seja infligida com amor; o sádico deseja infligir à dor, mas ele deseja que seja sentida com amor...”.
dália a dançarina do abismo

ternura disse...

boa tarde Sr,

só hj esta desligada sub descobriu que o Sr tem um espaço muito agradável e aconchegante!!

parábens pelas imagens e textos!!

bjkas ternas

{ÍsisdoEgito}JZ - Tua, somente tua disse...

Conhecendo este espaço.

Seguindo-o, espero que não se oponha.

Abraços respeitosos,

ÍsisdoJun

Sophie disse...

Saudações Sr!

Belo espaço o que tens aqui, Esclarecedor e instrutivo. Gostei da forma clara e objetiva que o Sr escreve, não deixando brechas para dúvidas. Porém me faz refletir em cada palavra dita, sentindo, degustando...

Seus Heterônimos são fascinantes, mas confesso que o SENHOR ORION, me causa... Hum... Melhor guardar comigo... rs

E o que dizer do esqueminha sadomasoquista?! (suspirando... )

Estarei sempre de olho em seus posts!

Beijo da Sophie!

Anônimo disse...

Boa tarde, senhor
Apaixonante sua visão BDSM.
Gostaria de conversar um pouco mais, aprender um pouco mais... se puder entrar em contato, ficaria agradecida e encantada (caminhosnovos10@gmail.com)
Sua

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkk, percebi que não serei uma submissa nunquinha!!!!!

Anônimo disse...

Estou descobrindo-me enquanto submissa. Mas qdo vejo um texto como esse, onde o autor é seguro e auto confiante, me desperta a vontade de, no mínimo, provar se Ele realmente é o q pensa ser.
Mas é só uma vontade...
Bjo terno.

Lara